(31) 3337-7050
(31) 99955-7171
Áreas de Atuação

Psicodrama

Mascaras%20II.jpgO que é o Psicodrama?

O Psicodrama é uma metodologia de investigação e intervenção nas relações interpessoais, nos grupos, entre grupos ou mesmo no relacionamento de uma pessoa consigo mesma, criada por Jacob Levy Moreno (1889-1974).

Introduzido por Moreno no final da década de 1920 como terapia de grupo, com o objetivo de favorecer as relações vivas e diretas com as emoções, sentimentos e fantasias do sujeito, graças às possibilidades expressivas que permeiam a representação teatral.

O Psicodrama considera o exercício da espontaneidade e da criatividade, a aprendizagem de papéis e o desenvolvimento das redes relacionais como elementos facilitadores e transformadores do desenvolvimento social e pessoal do ser humano.

Neste novo milênio, a sociedade exige uma ação criativa, articulada e participativa que viabilize soluções para as questões sociais da atualidade. O Psicodrama é uma das alternativas adequadas que favorece a realização dos projetos pessoais e grupais. Por isso, ele está nos Consultórios, Escolas, Organizações, Comunidades e demais contextos onde a ação psicodramática encontra possibilidades de transformação, expandindo os recursos disponíveis dos grupos e de cada indivíduo.

 

LIVROS BÁSICOS

1)  CUKIER, Rosa. Psicodrama Bipessoal. São Paulo: Editora Àgora, 1992.

2)  CUKIER, Rosa. Sobrevivência Emocional: as dores da infância revividas no drama adulto. São Paulo: Editora Àgora, 1998.

3)  FONSECA FILHO, J. S. Psicodrama da Loucura. 6ª ed. São Paulo: Editora Àgora, 1980.

4)  FONSECA, José.  Psicoterapia da Relação: Elementos de Psicodrama Contemporâneo. 2ª ed. São Paulo: Editora Àgora, 2000.

5)  GONÇALVES, C. S. ; ALMEIDA, W. C. ; WOLFF, J. R. Lições de Psicodrama: Introdução ao Pensamento de J. L. Moreno.  4ª ed. São Paulo: Editora Àgora, 1988.

6)  MARINEAU, René F. Jacob Levy Moreno – 1889/1994: Pai do Psicodrama, da Sociometria e da Psicoterapia de Grupo. São Paulo: Editora Cultrix, 1975.

7)  MENEGAZZO, C. M. et al. Dicionário de Psicodrama e Sociodrama. São Paulo: Editora Àgora, 1995.

8)  MONTEIRO, Regina F. Jogos Dramáticos. São Paulo: Editora Àgora, 1994.

9)  MORENO, Zerka T., BLOMKVIST, LeifDag, RÜTZEL, Thomas. A Realidade Suplementar e a Arte de Curar. São Paulo: Editora Àgora, 2001.

10) YOZO, Ronaldo Yudi K. 100 Jogos para Grupos: uma abordagem psicodramática para empresas, escolas e clínicas. São Paulo: Editora Àgora, 1996.

JACOB LEVY MORENO

Jacob Levy Moreno (1889-1974) psiquiatra judaico romeno, conhecido como o pai do Teatro Espontâneo, Psicoterapia de Grupo, Psicodrama e Sociodrama e Sociometria.

Moreno criou o Teatro do Improviso ou Teatro Espontâneo, gênero no qual os participantes amadores improvisavam acontecimentos do dia-a-dia. Com o Teatro Espontâneo Moreno percebeu que, através da representação, os indivíduos tomavam consciência de seus conflitos psicológicos, reconhecendo-os e ampliando novas possibilidades para lidar com suas dificuldades e situações conflituosas. Nasce assim o Teatro Terapêutico, o Psicodrama, a Psicoterapia de Grupo e o Sociodrama.

Um dos objetivos do Psicodrama, do Sociodrama e da Psicoterapia de Grupo é descobrir, aprimorar e utilizar os meios que facilitem o predomínio de relações télicas sobre relações transferenciais, no sentido moreniano. À medida que as distorções diminuem e que a comunicação flui, criam-se condições para a recuperação da criatividade e da espontaneidade. Moreno pretendia que a ação dramática terapêutica levasse a algo mais do que a mera repetição de papéis tais como são desempenhados no quotidiano. A ação dramática permite percepções profundas por parte do Protagonista e do grupo, a respeito do significado dos papéis assumidos.

LIVROS

  1. MORENO, J. L. Psicodrama. São Paulo: Editora Cultrix, 1975;
  2. MORENO, J. L. Fundamentos do Psicodrama. São Paulo: Summus, 1983;
  3. MORENO, J. L. O Teatro da Espontaneidade. São Paulo: Summus, 1984;
  4. MORENO, J. L.  Quem Sobreviverá? Fundamentos da Sociometria, Psicoterapia de Grupo e Sociodrama. Goiânia: Dimensão Editora, 1992, v. 1, 2 e 3;
  5. MORENO, J. L. Psicoterapia de Grupo e Psicodrama. Campinas: Editora Livro Pleno, 1999.