(31) 3337-7050
(31) 99955-7171
Áreas de Atuação

Psicoterapia Juvenil

PSICOTERAPIA PSICODRAMÁTICA DE ADOLESCENTE

Psicoterapia%20de%20adolescente.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

Indicações:

Dificuldades de aprendizagem;

Distúrbios de comportamento; agressividade, desobediência;

Insegurança, baixa estima e timidez;

Enurese noturna;

Distúrbios alimentares (anorexia, bulimia, compulsão) concomitantes a tratamento médico;

Drogas;

Ansiedade, angústia, depressão, fobias e compulsões;

Síndrome do Pânico;

Procedimento:

Marcar a Sessão Inicial pelo telefone de contato, esta sessão será realizada com os pais ou responsáveis pelo adolescente. Nesta sessão serão esclarecidos os motivos da busca de psicoterapia, apresentada a proposta de trabalho e realizado o Contrato de Trabalho, onde consta o valor das sessões, forma de pagamento,  etc.

       Será marcado o dia e horário para o início das sessões com o adolescente.

Frequência: 1 Sessão de Psicoterapia por semana com a criança ou adolescente;

                          1 Sessão de Orientação por mês, com os pais, no caso de crianças e eventualmente no caso de adolescentes.

A puberdade é o conjunto das transformações no corpo e no emocional do adolescente, ligadas à maturação sexual. É na área do corpo que se operam as maiores e mais visíveis modificações entre a infância e a vida adulta, o que basicamente caracteriza a puberdade. Na área emocional, as evoluções ocorrem de forma mais lenta e pouco perceptível.

A adolescência é um fenômeno psicossocial que é influenciado por fatores psicológicos e socioculturais. É uma fase de transição entre infância e vida adulta, onde os adolescentes têm de lidar com as novas cobranças sociais, os temores relativos ao futuro e ao sucesso no plano afetivo. Para isso, é preciso estimular o processo de autoconhecimento, interiorização e reflexão pessoal no adolescente. É necessário haver um espaço para se tratar de questões como: Quem sou eu?, O que quero?, Do que gosto?, Por que gosto?, Como me sinto realizando algo? etc.

O Psicodrama, por meio das dramatizações, é fundamental no trabalho com adolescentes, às vezes até mais importante do que a palavra, já que, geralmente, a confusão interna é grande e a ansiedade impede a discriminação das emoções. Através das dramatizações cria-se um clima lúdico que permite a colocação de temas que, se fossem abordados verbalmente, teríamos de esperar o adolescente amadurecer e resolver parte de seus conflitos para serem transformados em palavras e explicados. O movimento do Psicodrama, a ação, é parte importante do processo expressivo. Quanto mais novos os adolescentes, mais precisam de movimento, menos explicam sobre o que sentem, e mais necessitam de objetos intermediários para terem acesso ao mundo interno.

O Jogo Dramático é uma das técnicas mais utilizadas no trabalho com adolescentes porque fornece maneiras criativas e lúdicas de se lidar com os conflitos vividos neste período da vida. Temas como, Identidade, Família, Namoro, Medos, Raiva, Drogas, Sexo, Profissão, Amizade, etc. são trabalhados na Psicoterapia Psicodramática com Adolescentes.