(31) 3337-7050
(31) 99955-7171
Metáforas
Metáfora do Dia
O MARTELO
11.11.18

O MARTELO

Uma antiga história conta que um caldeireiro foi contratado para consertar um enorme sistema de caldeiras de um navio a vapor que não funcionava bem.

Após ouvir do engenheiro a descrição do problema e de haver feito umas poucas perguntas, o caldeireiro dirigiu-se á sala de máquinas.

Durante alguns instantes, ficou olhando para o labirinto de tubos retorcidos, escutou o ruído das caldeiras e o silvo do vapor que escapava; com as mãos apalpou alguns dos tubos.

Depois, cantarolando distraidamente, procurou no bolso do avental alguma coisa, até tirar de lá um pequeno martelo, com o qual bateu apenas uma vez em uma válvula vermelha.

Imediatamente, o sistema inteiro começou a trabalhar com perfeição, e o caldeireiro voltou para casa.

Quando o dono do navio recebeu a conta de R$ 10.000,00 (Dez mil reais) pelo serviço, queixou-se ao caldeireiro.

Argumentou que ele só havia ficado na sala de máquinas por quinze minutos e pediu-lhe então uma conta pormenorizada.

Eis o que o caldeireiro lhe apresentou:

 

Conserto com o martelo        R$       5,00

Saber onde martelar          R$ 9.995,00

Total do serviço                  R$ 10.000,00

 

 

Comente essa publicação